Alunos da UFERSA visitam a SINFO

por: João Victor Wandeley           

          Em visita à Superintendência de Informática da UFRN, alunos dos cursos de Sistema de Informação e de Computação e Informática da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA, campus de Angicos,) tiveram um contato direto com os setores de desenvolvimento dos sistemas SIG-UFRN, que são referência na área. A viagem teve o intuito de dar aos alunos um retorno prático dos conceitos e teorias das salas de aula.
Na visita, os alunos passaram pelo setor de redes, onde aprenderam sobre a infraestrutura dos servidores e storages (local destinado ao armazenamento de dados). Também foi apresentado aos alunos o local onde são alojados os equipamentos de processamento e armazenamento de dados, os datacenters.
Na sala do SIGAA (Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas) foi explicado como o sistema é desenvolvido, a linguagem de programação e as ferramentas utilizadas.
Em Requisitos e Cooperação Técnica, o foco foi mostrar onde a parte negocial dos sistemas é desenvolvida, os aprimoramentos são requisitados, as versões são validadas, onde os parceiros externos esclarecem suas duvidas e onde é desenvolvida toda a metodologia de implantação de sistemas com os parceiros.
Finalizando o passeio, o suporte apresentou as formas utilizadas para atender os usuários da UFRN que são a abertura de chamado via sistema (para funcionários e técnicos, o Twitter (@sistemasdaufrn), o Facebook (facebook.com/SuperintendenciaDeInformatica ) e o e-mail (suporte@info.ufrn.br). Após a explanação, foi realizada uma apresentação contando a história do surgimento dos SIG-UFRN.

Em conversa com os professores Lucas Ambrósio e Araken de Medeiros, responsáveis pela visita à SINFO, foi dito que a intensão dessa aula diferenciada era por os alunos em contato com um trabalho relacionado à tecnologia de informação. Para Lucas, é importante dar aos alunos um retorno de um projeto que, em suas palavras, é sucesso absoluto no estado e no país: “É a visão prática do que é contemplado na academia. Mostrar a divisão, organização e as estratégias para obter resultados”. O professor Araken reitera o comentário do professor Lucas: “Uma visita como essa faz com que o aluno tenha uma visão de como as coisas funcionam na prática. Só a teoria dificulta a ideia de como funciona o mercado e como o profissional da área deverá atuar.”.

SIGAA VERSÃO 3.13.0 - Graduação, Monitoria, Pesquisa e Portal do Docente

 Por: Aline Cristina

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte, por meio da Superintendência de informática, disponibilizou neste mês a versão 3.13.0 do Sistema Integrado de Gestão Acadêmica - SIGAA. 

Destacamos algumas das modificações dessa release que traz adequações de funcionamento e nomenclatura  de acordo com o novo regulamento de Graduação, recentes funcionalidades no Portal do Docente, novos relatórios de Monitoria e muito mais.

Módulo de Graduação

Na aba Administração, as notificações acadêmicas estão com duas novidades. Para melhorar a auditoria, o campo ano-período de referência passou a ter preenchimento obrigatório.


 Agora é possível visualizar todas as notificações enviadas para os discentes através da opção "Buscar Discente Notificado". Para obter mais informações da notificação, clique no botão "Visualizar Informações”.



Adaptações ao Novo Regulamento de Graduação

O Sistema passou a considerar que até 20% da carga horária de um currículo seja de Ensino a Distância, desde que esta possibilidade esteja prevista no programa do componente curricular aprovado pela unidade de vinculação.
Com o novo regulamento, os cursos devem ter status que representem melhor o andamento destes dentro da instituição. Assim o sistema considera:

  • Ativo: quando se encontra em funcionamento regular, tendo oferecido vagas iniciais de ingresso em algum dos últimos dois anos;
  • Suspenso: quando se encontra em processo de desativação, não tendo disponibilizado vagas iniciais nos dois últimos anos, mantendo apenas atividades acadêmicas que propiciem a conclusão para os alunos ativos nele cadastrados;
  • Inativo: quando deixou de oferecer vagas iniciais e não possui nenhum aluno ativo no ano de referência, mas pode ser reativado a qualquer momento, a critério da instituição; 
  • Extinto: quando não oferece novas vagas para qualquer processo seletivo, não possui nenhum aluno ativo cadastrado e não será reativado.

Acesse na integra o Regulamento dos Cursos de Graduação da UFRN


Monitoria

Está disponível na aba Comissões > Avaliações a funcionalidade "Avaliar os Relatórios de Projetos", com ela o gestor de Monitoria será capaz de aferir os relatórios finais e parciais como um avaliador de comissão.


Na aba Relatórios foram disponibilizados novos relatórios relacionados a projetos:

Relatório de Monitores por Centro

Distribuição de Bolsas


Portal do Docente

Com essa versão o próprio docente poderá emitir suas declarações de participação em Bancas, antes apenas o Coordenador do Curso poderia realizar tal procedimento.

 
Na Turma virtual, ao cadastrar um questionário é possível disponibiliza-lo para várias turmas, basta seleciona-las.



Pesquisa

Em listar/alterar grupos de pesquisa, opção disponível na aba Cadastro, foi acrescentado o filtro "Membro". Desta forma ao buscar por "Maria", todos os grupos que tiverem tal ocorrência serão exibidos. O resultado da busca retorna o nome do grupo, o líder e todos os detalhes do grupo.


Agora o gestor Pesquisa pode emitir os certificados pela avaliação no congresso de Iniciação Científica, nas categorias Avaliador de Resumo e Avaliador de Apresentação. A funcionalidade está na aba CIC > "Gerenciar Avaliadores".

                            

SigEventos é oficialmente lançado para a comunidade acadêmica

A Superintendência de Informática da UFRN lança mais uma ferramenta para facilitar o desenvolvimento das atividades e produções da comunidade academica, um sistema para o gerenciamento de eventos chamado SigEventos.

Utilizado pela CIENTEC desde 2012, o SigEventos passou por aperfeiçoamentos para ser aberto às demandas diversificadas e atendê-las da melhor forma possível. Hoje, o sistema já oferece uma nova interface, está mais rápido e responde bem às versões mais recentes dos navegadores Mozilla, Google Chrome, Safari e Internet Explorer.

Cada evento terá uma página própria, criada pelo sistema, que poderá trazer informações relevantes como programação, informações de submissões e inscrições, imagens de eventos e certificados. O acesso será via cadastro, realizado na página principal, ou através de login e senha para participantes que já têm vínculo com a UFRN.

Além disso, o sistema ainda abre espaço para a submissão e distribuição de trabalhos para avaliação, disponibiliza emissão de credenciais e traz suas funcionalidades nas línguas inglesa e espanhola, além do português como idioma oficial. O sistema está disponível no link www.sigeventos.ufrn.br e já consta os certificados os participantes das CIENTEC’s 2012 e 2013.

Visita Técnica da UNIFEI

Por: Iury Araujo e João Victor

A SINFO/UFRN recebeu na manhã do dia 14/05/2014, a visita da direção e coordenação de TI da UNIFEI. Essa segunda visita tem como objetivo compreender a parte técnica da implantação do sistema, bem como todo desenvolvimento e funcionamento da infraestrutura da SINFO.

A UNIFEI, ainda esse ano, fez uma visita na pessoa do reitor da universidade, Prof. Dr. Dagoberto Alves de Almeida. Na ocasião, o reitor veio dar continuidade à parceria firmada entre as duas instituições pelo reitor anterior, Prof. Dr. Renato de Aquino Faria Nunes. Já nessa segunda visita o corpo técnico veio conhecer de perto como funciona o fluxo dos sistemas que hoje a SINFO/UFRN utiliza, e como consequência, adotar gradativamente ao cotidiano do SIG-UNIFEI.
Clarissa Lorena, Gerente de Projetos SINFO. À sua direita, Enzo, e a sua esquerda, Cláudio,
equipe TIs da UNIFEI (Foto: SINFO)

A universidade parceira já utiliza o SIPAC, SIGRH e SIGADMIN e se prepara para lançar o SIGAA. O diretor de TI da UNIFEI, Enzo Seraphim, destaca que o lançamento do acadêmico foi um dos pontos fortes da visita devido a grande demanda de usuários como qualquer outra universidade, esse sistema requer um olhar especial. 

“Entender os procedimentos acadêmicos que hoje a UFRN utiliza via SIGAA” destacou o diretor. O Coordenador de sistemas da UNIFEI, Cláudio Neves Sá, relata que, com os sistemas já vigentes hoje na universidade, é possível ver melhorias nos tramites administrativos, tornando os SIGs indispensáveis nos procedimentos técnicos administrativos, e em breve no acadêmico.

PROGESP lança Escritório de Ideias


Sr. Joade Cortez Gomes, assessor da PROGESP
Por Iury Araújo


Com objetivo de captar, selecionar e gerir ideias de toda a comunidade universitária, a Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (PROGESP) lançou, na manhã do dia 12 de maio, o Escritório de Ideias (EI), projeto que visa o destaque de iniciativas inovadoras para melhoria das ações da UFRN.

Numa parceria entre a PROGESP e o grupo de pesquisa Criação, do curso de Engenharia de Produção da UFRN, a iniciativa procura transformar o potencial criativo da comunidade universitária em projetos vigentes.

Segundo o assessor técnico da PROGESP, Joade Cortez Gomes, inicialmente o EI terá sua funcionalidade voltada à pró-reitoria. Porém, toda a comunidade acadêmica poderá participar. Basta procurar os pontos físicos espalhados estrategicamente pela universiade.

Profª. Ângela Maria Paiva Cruz e o cartaz de divulgação do EI (Foto: SINFO)


O professor Mário Gonzales, orientador do Criação e um dos incentivadores do Escritório, enfatizou que o foco é otimizar os recursos da instituição.

A Prof.ª Ângela Paiva Cruz, reitora da UFRN, marcou presença no lançamento e destacou que a iniciativa é importante para aguçar ainda mais o processo criativo de toda a universidade.

A assessora técnica de sistema da PROGESP, Thayse Priscila França Ferreira, afirma que existe a pretensão de que o aluno usuário do SIGAA consiga realizar o procedimento de inclusão de suas ideias via sistema em até um mês.

SINFO lança cartaz comemorativo dos 10 anos dos SIG-UFRN

A Superintendência de Informática da UFRN dá início às comemorações alusivas aos dez anos de lançamento dos Sistemas Integrados de Gestão SIG-UFRN.

O cartaz abaixo evidencia seus principais sistemas como o SUCUPIRA (Sistema de Coleta e Avaliação das Informações dos Programas de Pós-Graduação do Brasil), fruto de uma parceria da CAPES com a SINFO UFRN. O cartaz traz ainda a logo oficial comemorativa. 
Arte: Franklin Colle

Sistemas SIG-UFRN - 10 anos

Por: Iury Araujo

Com a responsabilidade de planejar, coordenar, organizar, executar e avaliar as atividades de informática da UFRN, a SINFO (Superintendência de Informática) tem como objetivo nortear as atividades do projeto de desenvolvimento e administração dos sistemas computacionais de natureza corporativa, gerenciar a estrutura da rede e elaborar políticas de informática. Nessa perspectiva no ano de 2004 surgem os sistemas integrados SIGs (SIGAA, SIPAC e SIGRH).

SIGAA (Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas)
Automatiza as atividades da área acadêmica e auxilia os gestores desta área em suas decisões, por meio dos módulos de graduação, pós-graduação (stricto sensu e lato sensu), ensino técnico, ensino médio e infantil, submissão e controle de projetos e bolsistas de pesquisa, submissão e controle de ações de extensão, submissão e controle dos projetos de ensino (Monitoria e inovação), registro de relatórios da produção acadêmica dos docentes, atividades de ensino a distância e um ambiente virtual de aprendizado (turma virtual).

SIPAC (Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos)
Apoia as operações nas gestões das unidades da UFRN responsáveis pelas finanças, patrimônio e contratos, o sistema integra a área administrativa desde a requisição (material, prestação de serviço, suprimentos de fundos, diárias, passagens, hospedagem, material informacional, manutenção de infraestrutura) até o controle de orçamento interno.

SIGRH (Sistema Integrado de Gestão de Planejamento e de Recursos Humanos)
Responsável por automatizar os procedimentos de recursos humanos como: marcação e alteração de férias, cálculos de aposentadoria, avaliação funcional, dimensionamento de força de trabalho, controle de frequência, concursos, capacitações, atendimentos online, serviços e requerimentos, registros funcionais, relatórios de RH, dentre outros.

A partir de 2009 outras instituições começam a utilizar a tecnologia dos sistemas, isso em regime de cooperação, onde a SINFO/UFRN faz esclarecimento de dúvidas e realiza capacitações, além de montar a estrutura tecnológica para a transferência de tecnologia e conhecimento das instituições cooperadas. Ao todo, são mais de 30 (trinta) instituições que utilizam a tecnologia dos sistemas dentre elas temos a DPRF (Departamento da Polícia Rodoviária Federal), Ministério da Justiça (MJ) e INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social).

Na cooperação a diretoria dos sistemas visualiza uma oportunidade de aprimorar cada vez mais a tecnologia dos SIGs, onde eles devem se adequar às situações cotidianas de cada instituição. No Workshop, promovido anualmente pela SINFO/UFRN, as instituições explanam os desafios, vantagens e trocas de experiências dos sistemas.


Os sistemas estão em constante construção, fazemos de nossos usuários grandes parceiros para o aprimoramento constante, dentro das possibilidades das autarquias competentes, essa DÉCADA dos SIGs ratifica que bons projetos se fazem com o pluralismo de ideias é nisso que os sistemas se fundamentam.

Reitor da UNIFEI visita a SINFO

Por: João Victor Wanderley

Comissão da UNIFEI em reunião da UFRN
(Foto: SINFO UFRN)
O atual reitor da Universidade Federal de Itajubá, Prof. Dr. Dagoberto Alves de Almeida, veio à Universidade Federal do Rio Grande do Norte para se inteirar sobre os Sistemas Integrados de Gestão (SIG-UFRN) e dar continuidade à parceria firmada entre as duas instituições pelo reitor anterior, Prof. Dr. Renato de Aquino Faria Nunes.

Entendendo a importância dessa parceria, o reitor da UNIFEI esteve na Superintendência de Informática para uma conversar com representantes dos SIG-UFRN visando uma melhor forma de usar dos sistemas em benefício da instituição que dirige.

Para Dagoberto, o funcionamento da moderna administração depende de um sistema de informação capaz de garantir racionalização, rapidez e eficiência à rotina da instituição. Por isso, o reitor entende que é responsabilidade de sua gestão implantar os sistemas da forma mais rápida e efetiva possível.
Prof. Dr. Dagoberto Alves, reitor da UNIFEI
(Foto: SINFO UFRN

Após um ano à frente a instituição, Dagoberto avalia que os sistemas implantados ainda não atendiam as demandas esperadas, o que o motivou a visitar a SINFO da UFRN e a inserir os sistemas na rotina da instituição de ensino.

Sobre a importância do desenvolvimento dessa tecnologia dentro de instituições de ensino, Dagoberto valoriza a busca por alternativas viáveis e eficientes: "O fato é que as universidades  federais com suas competências estão criando soluções que vão ser positivas para o Sistema como um todo. Falando especificamente sobre minha instituição, eu não tenho tempo a perder, os recursos são limitados, a necessidade de melhoria da qualidade dos servições que são prestados às nossas funções foco demandam ações muito sérias, concretas e corajosas no sentido de modernizar a administração pública.".

Confraternização de Fim de Ano da SINFO

Mesmo já estando em 2014, ainda é válido deixar o registro da confraternização de fim de ano da Superintendência de Informática da UFRN.

Organizada no prédio anexo da SINFO, a confraternização acolheu integrantes de todas as equipes responsáveis por manter ativos os Sistemas Integrados (SIG's) da instituição.

Estiveram presentes os representantes das equipes de suporte, redes, requisitos, cooperação, desenvolvimento do SIGAA, SIPAC e SIGRH, direção, testes e mobile. Confira as fotos:









Apresentações, vídeos e fotos do II Workshop SINFO-UFRN já começaram a ser disponibilizados



Na semana de 04 à 08 de novembro foi realizado em Natal/RN, o II Workshop SINFO-UFRN Rede Ciclo e IFES 2013, nos auditórios do Hotel Praia Mar, em Ponta Negra.

O evento, que teve como objetivo principal a troca de experiências e a discussão sobre a utilização dos sistemas SIG's, contou com várias palestras e oficinas ministradas pelos gestores e desenvolvedores dos Sistemas Integrados da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, como também, dos representantes das Instituições que adotaram o sistema em suas repartições.

Em sua abertura, o Workshop teve a presença de algumas autoridades como Ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho; o Presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves; o Presidente Nacional do INSS, Lindolfo Salles; a Reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz e o Pró-Reitor de Administração da UFRN, João Batista Bezerra.

Todos os dias em que o evento foi realizado, houve o registro através de fotos e vídeos, que já estão sendo publicados no site oficial do Workshop, como também, as apresentações dos palestrantes.

Os vídeos poderão ser visualizados no canal oficial do Workshop SINFO/UFRN no Youtube. 

As fotos e apresentações estarão no site oficial do Workshop SINFO/UFRN.

Para ir direto à galeria de fotos, clique aqui.

Para ir direto à galeria das apresentações, clique aqui.



Palestra LPS e a sua Aplicação Atual nos Sistemas SIG-UFRN

por Yargo Martins

Durante a palestra Linhas de Produtos de Software e a sua Aplicação Atual nos Sistemas SIG-UFRN, ministrada no Workshop da Superintendência de Informática da UFRN, o Analista de Sistemas da SINFO-UFRN Jadson Santos ressaltou a importância do reuso de software numa linha de produtos, destacando os pontos positivos que vão desde redução de custos, ao aumento de qualidade.

Analista de Sistemas Jadson Santos palestrando sobre LPS e os Sistemas SIG-UFRN
(Foto: Yargo Martins)
Para Jadson, os sistemas da UFRN são considerados LPS, por apresentar interfaces em comum e possibilitar a cooperação entre IFES - Instituições Federais de Ensino Superior, resultando na evolução do sistema.


Convênios de estágios é pauta no penúltimo dia do Workshop da SINFO/UFRN


Fábio Barreto relata a otimização oferecida pelos SIG's
(Foto: João Victor Wanderley)
O coordenador de convênios de estágios Fábio Barreto voltou a ministrar palestra no Workshop da Superintendência de Informática da UFRN na manhã desta quinta-feira (07), onde relatou sobre suas experiências com os Sistemas Integrados de Gestão (SIG's-UFRN). Desta vez, Barreto se centrou nos convênios em que atua como coordenador.

Apresentação do módulo Convênios de Estágio no SIGAA
(Foto: João Victor Wanderley)
"Apesar do pouco tempo, a utilização dos SIG's dá um maior suporte no controle dos convênios e dos estagiários. Hoje é muito mais simples obter informações gerenciais sobre todos os estagiários e bolsistas da Instituição", contou Fábio.


Anteriormente se perdia muito tempo na formalização dos convênios com processos e anexos. Hoje, o sistema se ocupa disso operando on-line, otimizando o tempo de trabalho e cooperando na qualidade do setor.


Sobre o Workshop, Barreto apoia a iniciativa que evidencia a UFRN no mercado tecnológico: “Qualquer situação que 'venda' a universidade é importante”, afirmou o coordenador.

Sistemas SIG otimizam gestão da Polícia Rodoviária Federal

por Yargo Martins

Em relato sobre a implementação dos sistemas SIG na Polícia Rodoviária Federal, o coordenador substituto de projetos SIG Bruno Xavier apresentou nesta quinta-feira (07) os avanços alcançados após o uso dos SIGs na PRF. Segundo Bruno, a ferramenta usada anteriormente se encontrava saturada e não mais atendia as demandas do órgão.

Coordenador Substituto de Projetos SIG na PRF Bruno Xavier
(Foto: Yargo Martins)
Desde 2009, foi instituído um grupo de trabalho para avaliação e estudo da viabilidade de cooperação técnica entre a UFRN e a PRF durante a implantação dos sistemas SIG. No mesmo ano, foi assinado o termo de cooperação entre os dois órgãos com uma duração de 3 anos que já se encontra em vias de renovação.

Para Bruno, um dos passos efetivos para a profissionalização da instalação dos sistemas na PRF, foi a definição de uma equipe fixa, que passou a ser prioridade no órgão. Atualmente, a equipe trabalha na implementação de novos módulos nos sistemas, tendo planos já definidos até o mês de Agosto de 2014, contribuindo também para com o Ministério do Planejamento.

Universidade Federal da Paraíba relata experiências com a utilização dos sistemas SIGs

por Yargo Martins

No penúltimo dia do Workshop da Superintendência de Informática da UFRN, o coordenador de sistemas Rafael Freire e o analista de TI José Augusto, relataram as experiências com a utilização dos sistemas SIG na UFPB. Após apresentar um panorama da universidade em números, os palestrantes expuseram as evoluções do sistema implantado.

Coordenador de Sistemas Rafael Freire
(Foto: Rayra Medeiros)

O primeiro contrato de cooperação entre as universidades do Rio Grande do Norte e da Paraíba foi firmado em novembro de 2010, com a implantação inicial dos sistemas SIPAC e SIGRH. O sistema SIGAA foi implantado em seguida com maiores customizações da UFPB, porém recebendo poucas atualizações devido ao passo de desenvolvimento não consonante com a UFRN. Posteriormente, as modificações no sistema foram encerradas, possibilitando um maior número de atualizações para versões mais recentes.


"Para dinamizar as implementações no sistema, foram instaladas equipes de testes e manutenção, responsáveis pelo planejamento, execução, auditoria, correção de bugs, resposta de chamados e atendimento em demandas de desenvolvimento. Estas ações retornaram um saldo positivo para a Universidade Federal da Paraíba", contou José Augusto, analista de TI da UFPB.

Analista de TI José Augusto
(Foto: Rayra Medeiros)

Tecnologia do Blogger.